sexta-feira, 16 de outubro de 2009

O papel do nutricionista na sociedade



O que é ser um nutricionista?
Nutrição é o estudo da relação entre a ingestão de nutrientes através dos alimentos e a ação desses nutrientes no corpo humano, ou seja, o estudo dos processos envolvidos com a obtenção de nutrientes. O nutricionista é o profissional que estuda as maneiras mais corretas de nutrição para cada pessoa. Esse profissional trabalha com as Ciências da Nutrição e Alimentação, pesquisando, orientando e controlando a alimentação dos seus pacientes, seguindo dados de exames feitos por eles. Com base nesses dados, o profissional entende o organismo do paciente e identifica as substâncias em deficiências ou em excesso, assim ele pode elaborar uma dieta adequada a cada paciente, e realizar também o controle dos níveis dessas substâncias.

Quais as características necessárias para ser um nutricionista?
Para ser um nutricionista é necessário que o profissional domine conceitos de medicina e de psicologia, que fazem parte do curso.

Outras características interessantes são:

responsabilidade
metodologia
interesse pelas ciências biológicas
facilidade de lidar com as pessoas
paciência
capacidade de observação
capacidade de diagnosticar problemas
realismo
dinamismo
Praticidade

Qual a formação necessária para ser um nutricionista?
Para ser um nutricionista é necessário diploma de curso superior em Nutrição. O curso, que tem duração média de quatro a cinco anos, tem como matérias que compõem sua grade curricular: biologia, anatomia humana, antropologia social, psicologia aplicada à nutrição, química das biomoléculas, bioquímica, fisiologia e biofísica, composição dos alimentos, bromatologia, imunologia, técnica dietética, entre outras. O aluno também pode se formar em medicina, com a duração média de seis anos e optar pela residência em nutrição ou nutrologia, com duração de dois anos.


Principais atividades de um nutricionista :
atender o paciente
fazer as perguntas e pedir os exames necessários a cada caso
ao analisar o resultado dos exames, definir as principais deficiências ou excessos na alimentação
elaborar uma dieta minuciosa para o paciente
controlar a dieta e o resultado da mesma através de exames periódicos
no caso de esportistas e atletas, prepara uma dieta que reponha a energia gasta por eles, de acordo com o metabolismo de cada um .

O nutricionista pode trabalhar em muitos estabelecimentos diferentes:


clubes de esportes (Nutrição esportiva):

pode trabalhar em clubes, atendendo e examinando atletas, pedindo exames, elaborando uma dieta balanceada que reponha os nutrientes e substâncias necessárias ao corpo. No caso do atleta, que gasta muita energia durante um treino ou uma partida, a dieta é basicamente composta de carboidratos e vitaminas, além de outras particularidades.

empresas:
pode trabalhar em empresas, instituições ou organizações, cuidando da alimentação e do cardápio dos funcionários.


clínicas:
pode trabalhar em clínicas juntamente com outras especialidades, em clínicas de nutrição, em clínicas estéticas, acompanhando outros tipos de tratamentos, em clínicas de cirurgias plásticas e de redução de estômago, etc.


spas e academias:
pode trabalhar em spas ou academias, acompanhando o progresso dos pacientes e freqüentadores, pedindo exames e elaborando dietas adequadas a cada um.

Nutrição Clínica em hospitais e consultórios:
Na consulta, o nutricionista faz avaliação do peso, altura e da gordura corporal. Se achar necessário, o nutricionista pode, ainda, solicitar exames sanguíneos e prescrever suplementos, como vitaminas e minerais (resolução nº380/2005, CFN). Diante desses dados, o nutricionista faz a prescrição da dieta de acordo com a necessidade de cada indivíduo e atua também na reeducação nutricional.


No campo da Nutrição Social:
o profissional realiza diagnósticos que avaliam os hábitos de uma determinada comunidade, promove projetos de intervenção e avaliação de programas alimentares e participa na elaboração de políticas públicas de saúde na área de alimentação e nutrição. É nessa área que o nutricionista vai desenvolver trabalhos para o combate à fome, à desnutrição ou à obesidade, atuando principalmente nos Programas de Saúde da Família (PSFs), centros de saúde, creches, escolas .


UANS:
O nutricionista pode, ainda, trabalhar em restaurantes, lanchonetes, padarias, cozinhas hospitalares, indústrias de alimentos. Nesses locais, ele é responsável por administrar, gerenciar e fiscalizar a produção de refeições, elaborar lista de compras, controlar os custos, cuidar da higiene, além de outras atividades.


Marketing :
O outro campo de atuação para esse profissional é a área de Marketing, na qual ele pode desenvolver receitas e novos produtos alimentícios, promover degustações, além de organizar cozinhas experimentais.



Portanto,ser nutricionista é vitaminar planos, dar energia a sonhos, alimentar idéias.”
(Carin Weirich)

2 comentários:

Thiago Gil disse...

Adorei amor...bom poder conhecer todos ramos da sua profissão..e nao so pensar em merendeirismos e nutricionismos...rsrs...gostei da parte do mkt...organizar cozinhas experimentais...coisas novas e inovação em quelauqer setor é smepre bom..

amuuu mumumumu

TOKINHO disse...

laila
mto legal o texto!gostei mto do blog tb! demorou mas consegui um tempo para dar uma passada aki.
pro ano q vem estamos com uns planos no grupo de estudos aki e acho q traremos umas meninas da nutrição daki tb.eh longe, mas se vc viesse seria legal.
beijos!!!